Tattoo e Tabu: como a arte na pele está derrubando os preconceitos

Os desenhos na pele sempre estiveram ao lado do seres humanos, o que muda é a adaptação de técnicas e estilos

Tattoo e Tabu: como a arte na pele está derrubando os preconceitos (Foto: Reprodução/Pixabay)

Elas são feitas a partir de uma ideia, um sonho ou dos variados significados encontrados ao decorrer da vida. A cada dia se tornam mais famosas e mais gente é adepta do estilo de arte. Quem gosta e faz, pode carregar pelo resto da vida. São o reflexo de muitas coisas internas e externas de cada pessoa. Há um ditado que diz: quem faz uma tatuagem nunca para, é como um vício. Hoje em dia, estão presentes no corpo de boa parte da população brasileira, que não para mesmo em épocas de crise, nos últimos anos houve um aumento de 24,1% em tatuagens feitas, dados obtidos pelo portal Brasil Econômico.

Amante do estilo de arte, Karlyne, possui diversos traços desenhados pelo corpo. A jovem conta que tatuar sempre foi algo significativo. “Sempre desenhei desde pequena e sempre soube que seguiria o caminho das artes, então nada mais justo do que expressar minha personalidade e ideias em minha pele. Vim de cidade pequena e eu não tinha muito contato com tatuagem, só pela internet mesmo, mas já foi o suficiente para me apaixonar”.

(Foto: Reprodução/Pixabay)

Os desenhos na pele sempre estiveram ao lado do seres humanos, o que muda é a adaptação de técnicas e estilos. Em uma evolução constante, a tatuagem acompanha a modernidade e acaba indo de acordo com os conceitos de cada geração. Há alguns anos, ter um desenho visível poderia ser motivo para reações preconceituosas de terceiros, algumas pessoas acabavam encontrando dificuldade mesmo para conseguir um emprego.

Muitas pessoas só mascaram o preconceito porque hoje em dia elas sabem que é errado, mas isso não as impede de ter. Já passei por situações, uma em específico, que a gerente da empresa me disse com todas as palavras que quase não me contratou por causa das tattoos aparentes, APESAR do meu currículo ser bom.

Braços, pernas, barriga, rosto, são diversas as opções e lugares no corpo para um desenho, além de sexy, a tatuagem remete a autenticidade.

Tatuagem desde o início está tomando seu espaço, hoje em dia quem não tem pelo menos uma é diferente da galera. O que não acontecia há alguns anos atrás. Mesmo as técnicas estão em constante evolução. Já temos técnicas para tatuar palmas das mãos, olhos.

Em cada época um estilo é mais procurado, já tivemos as tribais, maoris, os desenhos mais pedidos como filtro dos sonhos, estrelas e agora estamos adentrando ao blackwork e ao pontilhismo que são técnicas bonitas e de fácil cobertura, caso a pessoa decida mudar o desenho.

O fato é que hoje em dia ser tatuado remete muito mais a personalidade e ao Eu, visto que cada traço é feito de acordo com o gosto particular. Além disso, existem os flashs que são desenhos impressos ou desenhados em papel ou papelão. Geralmente, estão exibidos em paredes de estúdios de tatuagem e em pastas para dar aos clientes ideias.

(Foto: Reprodução/Pixabay)

Sendo assim, a tattoo é uma das formas de modificação corporal mais conhecidas e mais utilizadas no mundo todo. Essa é uma forma de arte permanente, que consiste na aplicação de tinta na pele, o procedimento pode durar minutos ou horas, de acordo com o tamanho. Portanto, a motivação para os amantes dessa prática é ser uma obra de arte viva e atemporal.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ARTE POR TODA PARTE

Amanda Dziurza, o amor pela arte e os desenhos eternizados na pele

PERFIL

Empreendedorismo digital: Kalindy Rodrigues e os brechós virtuais

ARRASOU

A hora é agora, que tal explorar o Bolsa Nerd?

Comentários