PRF não registra acidentes durante feriado em Guarapuava

Um adolescente foi apreendido depois de fugir da abordagem policial na BR-277 em alta velocidade e depois pelas ruas de Guarapuava

Operação durou quatro dias (Foto: Ascom/PRF)

Durante o fim de semana prolongado da Páscoa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) executou nas rodovias federais do país ações intensificadas de fiscalização. Conforme as informações, na Região de Guarapuava, não houve registros de acidentes. A PRF informou que as as equipes promoveram monitoramento dos indicadores de acidentalidade e criminalidade, bem como o direcionamento de efetivo para os pontos críticos.

Dessa maneira, as ações também incluíram policiamento ostensivo e preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade. Com atenção especial nas vias urbanas de grande fluxo de veículos e nos corredores de tráfego, a intenção foi de garantir aos usuários das rodovias federais, segurança, conforto e fluidez no trânsito.

Assim, a fiscalização resultou em 118 autos de infração, sendo 24 deles por conduzir sem CNH válida, 14 por ultrapassagens em local proibido e 11 por não usar cinto de segurança ou dispositivo de retenção adequado para o transporte de crianças. Além disso, 239 pessoas e houve fiscalização em 222 veículos.

DOIS DETIDOS

Ainda de acordo com a polícia,, um adolescente, que dirigiam um Peugeot 206 não obedeceu a ordem de parada, e fez manobras perigosas, empreendendo fuga pela BR-277. Depois disso, seguiu pelo perímetro urbano, em ruas de Guarapuava, em alta velocidade.

Conforme a polícia, em determinado momento, para fugir da viatura que bloqueava a via, transitou pela calçada. Havia diversos pessoas no local onde ocorria a fuga, sempre em alta velocidade. Ao tentar fazer uma curva, perdeu o controle da direção e bateu contra o meio-fio, danificando e imobilizando o carro sobre a calçada.

Em outra ocorrência um 41 anos de idade, que conduzia um veículo VW Voyage, recebeu voz de prisão. Contra ele pesava um mandado de prisão aberto pelo crime de homicídio.

Leia outras notícias no Porta RSN.

Relacionadas

AUMENTO NAS MORTES

Guarapuava já confirmou 244 mortes em decorrência da covid-19

UTILIDADE PÚBLICA

Agência do Trabalhador de Guarapuava retoma atendimento presencial

SÉRIE PRATA

CAD está de volta às quadras com estreia fora de casa

Comentários