Medidas restritivas voltam a vigorar já neste domingo (4)

Governador lembra que as cidades com mais de 50 mil habitantes devem cumprir as medidas restritivas até 15 de abril

Governador Ratinho Junior e medidas restritivas (Foto: AEN)

Após o feriadão da Páscoa, as restrições no Paraná, retornam às previstas no decreto 7230/21. Assim, as medidas,  voltam a valer já a partir deste domingo (4). Ou seja, até o dia 15 de abril, as cidades paranaenses seguem as mesmas normas anteriores.

Conforme o Governo, apesar de contar com algumas restrições, atividades comerciais na rua, galerias e centro comerciais e serviços não essenciais dos municípios com mais de 50 mil habitantes poderão funcionar. O horário é das 10 horas às 17 horas, de segunda a sexta. Entretanto, com limitação de 50% de ocupação. No sábado exclusivamente nas modalidades delivery e drive thru, das 10 horas às 17 horas.

Já os shopping centers poderão abrir ao público das 11 horas às 20 horas, de segunda a sexta. Todavia, com limitação de 50% de ocupação. E no sábado apenas nas modalidades delivery e drive thru, no mesmo horário. Contudo, os municípios com menos de 50 mil habitantes devem seguir a regulamentação municipal.

RESTRIÇÕES

Conforme o decreto, continua proibida a circulação de pessoas entre as 20h e 5h. Ficam de fora desta regra apenas os profissionais e veículos vinculados a atividades essenciais. Também continua proibida a venda e consumo de bebidas alcóolicas em espaços de uso público e coletivo no mesmo horário, em todos os dias da semana.

Bares, restaurantes e lanchonetes só podem abrir para o público de segunda a sexta das 10h às 20h, com ocupação máxima de 50%. No entanto, na modalidade de delivery, podem funcionar sem restrição de dia e horário.

O decreto mantém suspensas atividades que causem aglomerações. Ou seja, continuam fechados casas de shows, circos, teatros, cinemas e museus. Ainda as casas de festas, de eventos, incluídas aquelas com serviços de buffet. Além dos estabelecimentos destinados a mostras comerciais, feiras, eventos técnicos, congressos e convenções;. E ainda: bares, casas noturnas e correlatos; além de reuniões com aglomeração de pessoas, encontros familiares e corporativos.

OUTRAS ATIVIDADES

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, as atividades religiosas devem seguir a regulamentação da Secretaria da Saúde publicada em 26 de fevereiro, especificada na Resolução 221/221. Conforme o documento, os templos, igrejas e outros espaços devem ter atividades de forma preferencialmente virtual. Contudo, em casos de atividades presenciais, deve-se respeitar o limite de 15% da ocupação.

​Entretanto, as aulas presenciais da rede estadual, embora não constem do decreto, continuam suspensas. O cronograma do retorno será definido pela Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. Já as escolas particulares estão autorizadas a funcionar no modelo híbrido, seguindo resolução 240/21 resolução número 240/21 da Secretaria de Estado da Saúde, que prevê o limite de 30% dos alunos nas salas de aula.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Agência do Trabalhador de Guarapuava retoma atendimento presencial

ALERTA

Prudentópolis informa sete novos casos suspeitos de dengue

IMPORTANTE

Artecerva convoca associados para assembleia geral

Comentários