Homem é agredido e acusado de furto de lojas de roupa em Guarapuava

O homem teve a mandíbula quebrada e a polícia foi informada que os autores da agressão seriam os verdadeiros responsáveis pelo furto

A PM recebeu uma denuncia de que o homem era vítima (Foto: Reprodução/Pixabay)

Um homem de 43 anos foi agredido por ser acusado de furto em uma loja, no entanto a acusação seria falsa, ele teve a mandíbula quebrada após as agressões. De acordo com a PM, os agressores estavam em um GM Celta, e seriam os responsáveis pelo furto no estabelecimento.

De acordo com a PM, uma mulher acionou a equipe e informou sobre as agressões. Além disso, ela afirmou que ele estaria com um saco de roupas furtado na loja da nora dela. No local, a polícia encontrou o saco com roupa. O homem informou que o achou em um terreno próximo a loja.

Os policiais encaminharam o homem para atendimento médico. Os profissionais da saúde informaram que ele estava com uma fratura na mandíbula. Já as roupas foram encaminhadas para a delegacia. Enquanto a PM confeccionava o boletim de ocorrência, um investigador recebeu uma denúncia no 197 afirmando que os verdadeiros autores do furto seriam as pessoas que agrediram o homem e que fugiram no GM celta.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SURTO DE COVID-19

Saúde de Guarapuava confirma 71 novos casos e fiscais fecham sorveteria

DESAPARECIDO

Mãe procura por adolescente de 16 anos que está desaparecido

CORRE SE INSCREVER

1º Juizado Especial Cível abre vaga para estágio em Guarapuava

Comentários