Guarapuava tem saldo positivo de postos de trabalho pelo 9º mês seguido

Conforme o 'Novo Caged', fevereiro encerrou com saldo positivo de 353 novos postos, liderado pelo Setor de Serviços, com 119 vagas

Mesmo com pandemia, o município encerrou fevereiro de 2021 com 353 novos postos de trabalho (Foto: Divulgação)

Pelo nono mês consecutivo, Guarapuava registrou saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada. Depois de janeiro com 401 postos criados no município, fevereiro fechou com saldo positivo de 353 novos postos. Assim, conforme o ‘Novo Caged’ – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o mês de fevereiro teve 1.877 contratações e 1.524 demissões em Guarapuava.

Os setores que impulsionaram positivamente nesses números são o Setor de Serviços com 119 novas contratações, seguido da Indústria com 77 novos postos. Depois vem o Setor do Comércio com 71 vagas criadas. Conforme o ‘Novo Caged’, o Setor da Construção Civil, teve 50 novas contratações. E por fim a Agropecuária, encerrou fevereiro com 36 novos postos com carteira assinada no município.

PARANÁ

De acordo com o ‘Novo Caged’, os números também são positivos no Paraná. O processo de recuperação da economia, abalada pela pandemia da covid-19 trouxe números animadores em janeiro. E também em fevereiro. Desse modo, fevereiro terminou com saldo positivo de 41.616 postos de trabalho com carteira assinada.

Os Setores que mais empregaram foram: Serviços com 17.819 vagas; Indústria com 9.411 postos criados; Comércio com 8.302; Construção Civil que teve 4.961 novas contratações e Agropecuária que fechou fevereiro com 1.123 novos postos com carteira assinada. De acordo com o ‘Novo Caged’, o Paraná foi o estado da Região Sul e o terceiro do Brasil que mais abriu postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro.

BRASIL

Por fim, o Brasil também apresentou saldo positivo de 401.639 vagas no segundo mês deste ano. Os setores que impulsionaram o saldo positivo foram Serviços com 173.547 contratações; Indústria com 93.621 novas vagas; Comércio com 68.051 novos postos; Construção Civil que finalizou fevereiro com 43.469 postos; Agropecuária teve 23.055 novas contratações. E por fim, Setor Não Identificado, com fechamento de 104 postos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

LUTO

Covid-19 tira a vida do deputado federal José Carlos Schiavinato

INTERNET

Certidões de nascimentos e óbitos crescem 162% na pandemia no Brasil

VAGAS NOS CURSOS

Inscrições para o Sisu nas universidades estaduais acabam amanhã (14)

Comentários