Enxurradas afetam mais de 27 mil pessoas em Prudentópolis

É preciso ficar atento: o Inmet divulgou um alerta laranja apontando o risco de temporais no Sul do país nesta terça (26)

Enxurradas afetam mais de 27 mil pessoas em Prudentópolis  (Foto: Arquivo/RSN)

As chuvas que ocorreram entre os dias 18 a 25 de janeiro de 2021 atingiram 14 municípios paranaenses. De acordo com o relatório do Sistema Informatizado de Defesa Civil, 61.441 pessoas foram afetadas e 108 ficaram desalojadas. Na Região de Guarapuava Prudentópolis é o município com maior número de pessoas afetadas pelas enxurradas, são 27.010, e 10 estão desalojadas.

Em Irati, cidade a 81.27 km de Guarapuava, 1.555 pessoas foram atingidas pelo alagamento que ocorreu na segunda (18). Dessas, 50 ficaram desalojadas e 30 casas danificadas. Os policiais rodoviários chegaram a sinalizar o trecho da rodovia BR-277 em Irati. De acordo com a PRF, ocorreu alagamento nesse percurso, principalmente, perto do Restaurante Maximus. Conforme o Simepar, a chuva foi ocasionadas por uma forte frente fria que avança pelo Estado.

ALERTA LARANJA

(Imagem: Reprodução/ INMET)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou um alerta laranja divulgando o risco de temporais no Sul do país nesta terça (26). Assim, de acordo com as informações, a previsão atinge o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O alerta laranja inicia às 12h e aponta chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia. Além disso, ventos intensos e queda de granizo. Bem como, corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e risco de alagamentos.

As áreas de alerta são a Região Metropolitana de Curitiba, Oeste Catarinense, Vale do Itajai, Grande Florianópolis, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense e Encosta Do Sudeste. Também, Serra do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior do Nordeste, Encosta Superior do Nordeste, Campos de Cima da Serra, Planalto Médio e Missões. Assim como, Alto Uruguai, Central Paranaense, Litoral Paranaense, Norte Paranaense, Oeste Paranaense, Sudoeste Paranaense, Sul Paranaense, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense, Litoral Norte Catarinense, Campanha e Planalto Norte Catarinense.

Assim, a orientação do Inmet é para que as pessoas não se abriguem embaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Também não estacionem veículo próximo às torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

AVANÇO

Em apenas um dia, Guarapuava confirma 4 mortes por covid-19

ATENÇÃO

5ª Regional de Saúde registra primeiro caso suspeito de Zika Vírus

FOLIA DO BEM

Shopping 'Cidade dos Lagos' entrega doações à Associação Canaã

Comentários