Aeronave que vem a Guarapuava traz vacinas da Regional de Irati

A aeronave pousa no aeroporto de Guarapuava às 15h30. Trata-se de uma das aeronaves que estão distribuindo vacinas no Interior do Paraná

Aeronave que vem a Guarapuava traz vacinas da Regional de Irati (Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

Três aeronaves da frota do Governo do Estado saíram na manhã desta terça (19) com aproximadamente 80 mil doses para distribuição das vacinas no Interior do Paraná. Conforme o cronograma, serão em torno de 15 viagens entre Curitiba e os municípios-sede de algumas regionais. Assim sendo são as regionais de saúde que recebem as vacinas Coronavac, produzidas pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

De acordo com a Agência Estadual de Notícias, em Guarapuava a aeronave PP-EUS Seneca III  chega às 15h30. Conforme a AEN, essa aeronave traz também as 1.079 primeiras doses previstas para a 4ª Regional de Irati. Esse avião também abastece as regionais de Telêmaco Borba, Manoel Ribas e Umuarama . Já o avião PP-MMS Gran Caravan vai para Londrina, Pato Branco e Cascavel. O PR-PRX King Air 350 para Maringá e Apucarana.

Também seriam utilizados dois helicópteros do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) para entregas em Adrianópolis, Doutor Ulysses, Cerro Azul e Tunas do Paraná, no Vale da Ribeira, e São Mateus do Sul e União da Vitória. Entretanto, as condições atmosféricas impediram o transporte, que será terrestre.

VACINAÇÃO COMEÇA NESTA QUARTA

De acordo com o secretário de Saúde, Beto Preto, a previsão é de chegada das vacinas em todas as regionais nesta terça. Assim, o início da vacinação está previsto para esta quarta (20). Porém, alguns municípios farão imunizações simbólicas ainda hoje.

A ideia é vacinar os grupos focais nesse primeiro momento. Continuaremos com todos os esforços para trazer mais imunizantes ao Paraná para alcançar até quatro milhões de pessoas até maio.

O Paraná recebeu do Ministério da Saúde 265.600 doses nessa primeira etapa, 22.720 reservadas para a população indígena e 242.880 para profissionais de saúde que atuam diretamente na pandemia, idosos que vivem em asilos e seus cuidadores e pessoas com deficiência severa.

Conforme a AEN, elas foram divididas em dois lotes de 132.540: um será encaminhado imediatamente e outro apenas após três semanas. Esse é o intervalo de aplicação entre as doses. O armazenamento está sendo feito no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), que conta com ampla estrutura de freezers e câmaras frias.

De acordo com o governo, a primeira aplicação alcançará 126 mil pessoas, sendo a maior parte profissionais da saúde: 102.959. Assim a aplicação respeitará o Programa Estadual de Imunização (PEI). Nos primeiros grupos prioritários também estão idosos que vivem em asilos e seus cuidadores, indígenas e pessoas com deficiência severa.

As vacinas chegaram em três aviões comerciais nesta segunda (18) no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais. O primeiro pouso aconteceu no Estado às 18h53.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ATENTE AO PRAZO

Prorrogado prazo para entidades que atendem crianças pleitearem recursos

CORRE SE INSCREVER

1º Juizado Especial Cível abre vaga para estágio em Guarapuava

RECESSO

Shopping está com atendimento especial na Praça de Alimentação

Comentários