16º BPM em Guarapuava é o Batalhão que mais apreendeu armas em 2020

Os policiais do 16º BPM atendem 24 municípios da Região. Houve ainda redução em furtos e roubos e aumento na apreensão de drogas

Batalhão apresentou desempenho em todos as ações policiais em 2020 (Foto: Gilson Boschiero/RSN)

A Secretaria de Segurança Pública do Paraná divulgou nessa segunda (18) um boletim com dados operacionais da Polícia Militar no Estado. O documento faz a comparação das ações policiais entre 2019 e 2020. Em 2020, os policiais do 16º Batalhão de Polícia Militar em Guarapuava, que atende 24 municípios da Região prendeu 3.309 pessoas, o que representa um crescimento de 104,13% nas prisões, se comparado com o ano anterior.

De acordo com o major Cristiano Cubas, comandante do 16ºBPM, informou que os número foram muito expressivos em 2020.

Somos o Batalhão que mais apreendeu armas de fogo, ilegais e irregulares que poderiam ser usadas para o cometimento de crimes, além de termos tirado muito mais drogas de circulação neste ano. Isto se deve ao comprometimento de todos nossos Policiais Militares, através de abordagens, levantamentos de crimes e Operações.

(Imagem: Ascom/PM)

Desse modo o boletim revela que em 2019 os policiais do 16ºBPM apreenderam 360 armas. Já em 2020, houve o aumento de 49,72% nas apreensões, o que representa 539 armas. Outro aumento expressivo foi registrado na apreensão de quilos de maconha. Conforme os dados, em 2019, 1.832 quilos da droga foram apreendidos. Já em 2020, 2.521,98 quilos. O percentual de acréscimo supera os 37%.

O volume de ocorrências também apresentou aumento 11,31%. De janeiro a dezembro de 2019 houve o atendimento de 17.949 ocorrências no geral. Já no ano seguinte, no mesmo período, o número de atendimentos chegou a 19.980 ocorrências. Furtos e roubos foram os crimes que tiveram redução no ano passado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

VÍTIMAS

Idosas do S.O.S contaminadas com covid-19 morrem vítimas da doença

DEFESA DO CONSUMIDOR

Variação no preço dos combustíveis chega a 11%, aponta o Procon

DESCENTRALIZAÇÃO

Guto Silva estará em Guarapuava nesta quinta (25)

Comentários